Apresentação

 

A ONG Projeto Girassol (CNPJ 04.208.913/0001-59) oferece gratuitamente atendimento psicossocial para crianças e jovens de colégios públicos do Rio de Janeiro, dentro do ambiente escolar por eles freqüentado. Muitas vezes vítimas da violência familiar e do ostracismo social, estas crianças e famílias, se efetivamente assistidas, poderão vislumbrar alternativas para a construção de projetos de vida em harmonia com seus deveres e direitos enquanto cidadãos.

 

Temos como objetivo promover o pleno desenvolvimento psicossocial da criança e do adolescente, possibilitando uma melhora na sua evolução escolar.

 

Alguns dos resultados do nosso trabalho são da ordem de um desenvolvimento global: mudanças positivas de comportamento; melhora no aproveitamento acadêmico; melhora no convívio social; diminuição da evasão escolar; resolução de conflitos familiares; encaminhamento de casos previstos no ECA aos Conselhos Tutelares.

 

 

– ONDE ESTAMOS:

 

• CIEP Presidente Agostinho Neto (Humaitá/RJ)

• Escola Municipal Guararapes Cândido (Cosme Velho/RJ)

• Escola Municipal Joaquim Abilio Borges (Humaitá/RJ)

 

– HISTÓRICO DO PROJETO

 

O Projeto Girassol nasceu em 1998 a partir do desejo de atuar junto às crianças e famílias que habitam em comunidades, e que podem muitas vezes ser vítimas do desamparo social ou da violência familiar. Partimos de uma idéia simples: a crença na educação como capital social básico necessário para um desenvolvimento natural e uma transformação social possível.

 

Inicialmente, o Projeto surgiu a partir do incentivo de duas psicólogas recém-formadas: Gabriela C. Pesce e Maria Alice Maranhão, formando uma parceria com Marina Notz Maia, na época diretora adjunta do CIEP Agostinho Neto. A partir de conversas com Marina, que nos trazia algumas de suas angústias como educadora, e do espaço cedido por ela dentro do colégio, criamos um ambulatório de atendimento psicológico às crianças que apresentavam problemas que as impediam de obter pleno aproveitamento na sua aprendizagem.

 

No início éramos apenas três, mas aos poucos foram chegando outros psicólogos, também desejosos de participar desta ação social. Assim, junto a nós, os também psicólogos Ana Podlubny, Patrícia Riccardi, Marcelo Gesualdi e Lena Talberg nos ajudaram a fundar o Projeto Girassol.

 

O nome do nosso projeto se baseia no simbolismo desta flor, que gira em busca da luz do sol. Além disso, partimos da idéia de que éramos todos um só neste ideal que girava e nos unia.

 

O projeto foi crescendo, e, junto aos fundadores, com o tempo muitos outros foram chegando: psicólogos, estagiários e voluntários de outras áreas de conhecimento que, ao saber de nosso trabalho, também demonstraram seu desejo de aprender e atuar nesta área social. Em 2002, nos constituímos como uma ONG.

 

A equipe do Projeto Girassol busca trabalhar sempre com a compreensão de que este é um lugar de aprendizagem para todos que dele participam, e também um lugar de cura, tanto para quem atende quanto para quem é atendido. Ainda hoje, seguimos com a crença no nosso trabalho e lutamos para que esse projeto continue girando.

 

Solange Cantanhede